Portal Intera Mais

8
          
Foi tudo muito confuso. Sempre fui uma menina muito tímida, estudiosa e apaixonada. Tenho 16 anos, moro com meus pais e tenho um namorado de 18 anos. Minha mãe permite namoro, mas meu pai não, acha que não tenho idade para isso, e também fala que ele não presta e blá blá blá!

Namoro há mais de 1 ano, nunca fizemos nada, ele não me forçou e nem toca no assunto, diz que existe o lugar certo e a hora certa. Ele trabalha no cartório da cidade, todos os dias eu o vejo, vou até o cartório para vê-lo. Um dia acordei pela manhã, percebi que o dia estava diferente, eu estava me sentindo diferente; tomei meu banho, meu pai bateu na porta porque fiquei 40 minutos. Sai estressada por causa disso, sentei à mesa com uma cara que só vendo.


Pedi a parte de Moda e o Horóscopo para meu pai, são as parte que gosto de ver pela manhã. Me distraí vendo uma bota linda que estou pedindo para meu pai comprar, mas ele fala que é caro e eu não estou merecendo. Quase saindo para ir à escola, peguei o horóscopo e fui até o meu signo que é Virgem. Lá dizia – HOJE SUA VIDA IRÁ MUDAR. Fui à escola, fiquei na escola até umas 6 horas fazendo um trabalho. 
Saí da escola e fui direto pro cartório para ver meu namorado. Cheguei, ele estava sozinho, todos já tinham ido e ele ficou para terminar de ver uns registros. Ele aproveitou e disse que queria me mostrar uma coisa que estava querendo há muito tempo, eu concordei sem saber o que era, logo ele me mostrou, me espantei, era muito grande aquilo, não sei como que ele conseguia ficar com aquilo praticamente o tempo todo. Ele pegou minha mão e a guiou ate onde ele queria. Eu vi e depois de algumas horas fomos para casa.

Chegando em minha casa eu disse para minha mãe e para meu pai:
- Mãe, pai, descobri tudo, e meu querido namorado me mostrou, não sou mais virgem.

Meu pai arregalou uns olhos, já levantou do sofá e segurou no pescoço do meu namorado gritando para minha mãe e para meu namorado:

- Pega a carabina, eu disse que ele não prestava! Como você faz isso com a minha princesinha, seu safado, vou meter bala em você, vou pegar minha motosserra e cortar uma coisinha e você não vai fazer mais isso.

- Calma, amor, calma. Filha, como que você fez isso?!

- Mãe, pai, não é isso, ele não fez isso que vocês estão pensando, eu fui ao cartório e ele me mostrou um livro grande com os registros.

- Registro? O que tem a ver?

- Ele me mostrou que eu nasci no dia 20 de agosto, mas eu só fui registrada quatro dias depois, e o escrivão colocou que eu nasci no dia que fui registrada. E dia 20 o signo é leão e não virgem, como 24.
- Ah bom! Eu já ia quebrar a cara desse rapaz! Desculpas, tá filho, mais já viu... Se aprontar o que vai te acontecer. É motosserra ou a carabina. Nunca mexa com a minha princesa.
Todos riram. E assim eu deixei de ler o signo Virgem para Leão.

AUTOR: NILBERTO JÚNIOR 

Se você gostou ou não deixe um comentario, compartilhe essa materia e veja outra muito engraçada : - http://www.interamais.com.br/2012/04/antonio-paulo-lopes-o-paulinho-de-20.html

Postar um comentário Blogger

  1. nussa fala serio!!!!!!!!! kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkkkkkk caguei tijolos qdo li o final ahuhuah

    ResponderExcluir
  3. kkkkkkkkkkkkkkkkkk... muito bom!!

    ResponderExcluir
  4. Gostei, muito simpatico.

    ResponderExcluir
  5. Saquei a piadinha no momento em que ela diz: "...e fui até o meu signo que é Virgem." previsível!

    ResponderExcluir
  6. maldita inclusão digital --'

    ResponderExcluir

DEIXE SEU COMENTÁRIO PARA NÓS! NÃO SE ESQUEÇA TAMBÉM DE CURTIR E COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS !

 
Top